Profissionais de TI: Nova tendência de mercado

 

Profissionais de TI: Tendências para 2022



Apesar da pandemia ter impactado de diferentes formas todos os segmentos de mercado, a área da tecnologia permaneceu em constante desenvolvimento e crescimento. Talvez, possamos dizer que as consequências desse momento de crise tenha sido positiva para o setor, já que grande parte das atividades do dia a dia passaram a ser executadas por meio de recursos tecnológicos.

O aumento da demanda por profissionais de TI já começava a se tornar um grande desafio para Tech Recruiters mesmo antes da Convid-19. A busca por pessoas especializadas em habilidades específicas articula os movimentos pelos quais o mercado de tecnologia tem passado e determina a tendências de contratação com o passar dos anos.

Embasados na visão de consultores e recrutadores, além de reports periódicos da área, trouxemos algumas informações sobre as tendências de contratação em 2022 na busca por profissionais de TI. Afinal, quais são as habilidades e capacitações mais procuradas, quais cargos estão e alta e como a sua empresa pode se preparar para esse cenário? Confira!

Os profissionais de TI em 2022

É comum se deparar com notícias sobre a grande defasagem de profissionais no setor de Tecnologia da Informação. Inclusive, o Brasil é um dos países que mais tem enfrentado esse déficit.

Segundo dados divulgados pela Softex, empresa social que integra o Projeto TechDev Paraná e promove o aquecimento da área de TI, a escassez prevista até 2022 deve ser de mais de 408 mil postos de trabalho, e isso representa uma perda de bilhões considerando a última década.

Nosso país está, atualmente, entre os 10 maiores mercados de tecnologia do mundo, sendo líder do setor na América Latina, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes). Desse modo, os efeitos da falta de mão de obra qualificada podem representar grande perda de referência do mercado brasileira de forma geral.

Nesse contexto, algumas skills e posições de TI tem passado por alto índice de requisição nos filtros de contratação de diversas empresas. A pesquisa salarial da consultoria Robert Walters publicou que alguns dos perfis e cargos mais buscados em 2022 serão de desenvolvedores, especialistas em dados e segurança da informação e CTOs (Chief Technical Officer), lideranças e direção técnica para as equipes da área.

Desde 2021, relatórios ainda indicam forte procura para funções de DevOps, profissional capaz de cuidar das operações e processos da área de desenvolvimento. Além disso, apesar de a alta tida em pessoas focadas na segurança de dados — principalmente após a LGPD — desenvolvedores de diversas frentes e com conhecimento nas diversas linguagens de programação são altamente requisitados.

Não podemos esquecer das demandas técnicas diárias das quais muitas empresas e seus colaboradores são dependentes. Técnicos aptos para prestar suporte precisam estar disponíveis a todo tempo, ainda mais com os empregos remotos em ascensão. Esses profissionais de TI ou parceiros são responsáveis por realizar toda gestão de infraestrutura, bem como cuidar de todo e qualquer problema, instalação e auditoria de sistemas, máquinas, softwareshardwares e demais aparatos.

4 habilidades e tendências mais buscadas nos profissionais de TI em 2022

O recrutamento de profissionais e a contratação de parceiros de TI podem passar por um nível de exigência específico, de acordo com todas as mudanças de mercado ou perfil da empresa. Mas, você pode conferir algumas habilidades e tendências mais buscadas nos profissionais de TI em 2022.

1. Adoção do trabalho remoto

Não é novidade que uma das principais transformações dos últimos anos foi a transição do trabalho presencial para o remoto. Em tecnologia, ela continua sendo uma tendência de destaque. Os próprios candidatos as vagas de TI passaram a buscar somente oportunidades de trabalho flexíveis, como o home office.

Por essa razão, ser adepto dos diferentes métodos de trabalho, principalmente à distância, se tornou extremamente importante para os candidatos e empresas. A busca por parceiros de TI, que prestam esse tipo de serviço remoto, se tornou uma opção viável e tecnicamente qualificada para as organizações.

2. Alta da segurança da informação

Com as atualizações nas normas de segurança e tratamento de dados da LGPD, o setor de TI passou agir fortemente para assegurar que suas empresas estejam dentro das regras estipuladas. Diante disso, investir em capacitações e habilidades sobre a proteção de dados pode ser um grande diferencial no momento da entrevista e escolha de um profissional de TI.

3. Qualificação constante

Independentemente da posição, dar continuidade ao desenvolvimento profissional é do interesse de muitas pessoas. No setor de TI essa é uma questão ainda mais importante, pois a velocidade com que as tecnologias amadurecem e surgem exigem que os profissionais estejam em constante atualização.

Dessa forma, visando incentivar essa crescente, se tornou uma tendência as empresas investirem na qualificação e certificação de seus profissionais. No entanto, mesmo não estando em contextos que tenham esse tipo de benefício, é importante manter a aprendizagem contínua.

4. Soft skills são importantes

As soft skills são habilidades relacionadas ao comportamento profissional. Geralmente, elas estão ligadas ao modo como um profissional lida com diferentes situações. Elas são mais subjetivas e na grande maioria das vezes imensuráveis.

No contexto das habilidades de profissionais de TI requisitadas, as soft skills se tornaram bastante valorizadas. Hoje, não são mais avaliadas somente as aptidões técnicas. Comportamentos tornam ambientes de trabalhos complexos em locais de tarefas e trocas mais fluídas e resilientes são importantes. Pessoas que se adaptam rapidamente as mudanças, por exemplo, também têm sido muito buscadas.

Por sim, à medida que as mudanças acontecem, em especial àquelas que não estão sob nosso controle, mas que impactam fortemente o setor, como a própria pandemia do coronavírus, as empresas trabalham estrategicamente para continuar evoluindo suas operações, serviços e produtos. Nesse mesmo cenário, os profissionais de TI e empresas precisam estar ligados nas tendências de contratação que, com o passar dos anos, sofrem frequentes alterações também.

0 Comentários

Postar um comentário

Post um Comentário (0)

Postagem Anterior Próxima Postagem