A grande Manifestação em SP dia 24 será na Praça da República




A grande Manifestação em SP dia 24 será na Praça da República – anteriormente marcado para a Avenida Paulista, o ato será na Praça da República, em razão do não deferimento do pedido da CUT à Justiça de SP.

 

O juiz Antonio Augusto Galvão de França, da 3ª Vara de Fazenda Pública de São Paulo, negou nesta sexta-feira, 19, o pedido da Central Única dos Trabalhadores (CUT) para realizar no próximo dia 24, na Avenida Paulista, um ato em defesa da democracia e do direito do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser candidato na eleições de outubro.

Ato em Defesa de Lula em São Paulo será na Praça da República
Ato em Defesa de Lula em São Paulo será na Praça da República

A grande Manifestação em SP dia 24 será na Praça da República

Com a decisão, as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, formadas por mais de 180 movimentos sociais e sindicais, entre eles CUT, CTBMSTMTSTUNE e CMP, transferiram a manifestação para a Praça da República, no centro de São Paulo.

O presidente da CUT, Douglas Izzo, afirmou que a Central vai respeitar a decisão. “Infelizmente, a Justiça não acatou nosso mandado de segurança.

Nós tínhamos o entendimento de que era possível fazer os dois atos na Paulista porque estavam marcados em horários diferentes”, disse o sindicalista se referindo ao ato marcado peças forças de extrema direita que atuam no Estado.

Segundo Douglas, a decisão da Justiça não vai influenciar na mobilização. “Ao contrário, vai elevar o nível do nosso ato, que contará com a presença do presidente Lula e será encerrado com uma caminhada democrática até a Avenida Paulista”.

O ato das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo no próximo dia 24 de janeiro, data do julgamento do recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Regional Federal 4ª Região começará às 17 horas e terminará com caminhada democrática até a Avenida Paulista.

As entidades reforçam que não abrirão mão da caminhada democrática na tradicional avenida, principalmente depois de terem sido barradas após inúmeros diálogos e tentativas de chegar a um acordo com os movimentos de direita.

Confira a íntegra da nota das frentes:

As Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo farão ato na Praça da República no próximo dia 24 de janeiro, data do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A manifestação começará às 17 horas e terminará na Av. Paulista após caminhada democrática.

As entidades reforçam que não abrirão mão da caminhada democrática na tradicional avenida, principalmente depois de terem sido barradas após inúmeros diálogos.

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo não acatou o recurso feito pelas entidades dos movimentos sindicais e sociais que solicitaram a Avenida Paulista para a realização da atividade.

Os movimentos, numa tentativa de diálogo, mudaram diversas vezes o horário e local de concentração do ato em diferentes pontos.

Quem julga que impedirá a manifestação de milhares de trabalhadores, trabalhadoras, mulheres, jovens, negros e negras em defesa da democracia está muito enganado.

As ruas de São Paulo serão testemunhas de mais um episódio de luta do povo brasileiro em defesa da justiça e do Estado Democrático de Direito.

A grande Manifestação em SP dia 24 será na Praça da República

Todos e todas à Praça da República, às 17 horas, no próximo dia 24.

Da CUT

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: