Globo manda Ministra Rosa Weber votar contra HC de Lula

Globo manda Ministra Rosa Weber votar contra HC de Lula – abstrato o artigo (editorial) de O Globo, que não apenas sugere, tenta emparedar a ministra Rosa Weber, como se coubesse ao grupo dos Marinho, mandar na consciência de ministros da Suprema Corte do País.

Chega a ser ridícula a posição que o tal jornal tenta ao fazer se passar por defensor da Constituição Federal, mas se esquece que a pressão exercida pelo grupo dos barões da mídia, que abocanharam 1/3 do orçamento da campanha miserável a favor da Reforma da Previdência, paga pelo governo impostor, esse mesmo que essa emissora e seus apensos, ajudaram a colocar no lugar da honrada presidenta Dilma Rousseff, rasgando a Carta Magna.

Globo manda Ministra Rosa Weber votar contra HC de Lula
Globo manda Ministra Rosa Weber votar contra HC de Lula

Globo manda Ministra Rosa Weber votar contra HC de Lula

Dentro do artigo de Joaquim Falcão, pode-se observar como a mentira tem pernas curtas, e que, além de antidemocrática, as Organizações Globais buscam, desesperadamente, prender Lula, para que o ex-presidente não possa disputar as eleições de 2018 e, assim facilitar o trabalho dos irmãos Marinho, empurrarem goela abaixo do povo brasileiro seu candidato predileto.

Nome do artigo(sic)

Equilíbrio, por favor. Em nome da Rosa

“Todos os votos contam no julgamento do habeas corpus de Lula, mas o decisivo será de Rosa Weber: ela tem sido o equilíbrio institucional do STF”.

e segue:

“Todos os votos contam no julgamento do habeas corpus de Lula. Mas, em condições normais de temperatura e pressão, voto decisivo será o da ministra Rosa Weber.

Ela tem sido o equilíbrio institucional do STF. E esse equilíbrio começa com seu comportamento como ministra.

Desde que assumiu, Rosa não fala fora dos autos, respeitando o que manda a lei.

Ai entra o Pinóquio,  com muito óleo de peroba em sua face de madeira:

(Rosa Weber) “Nunca foi envolvida em nenhum caso e não mantém contatos inadequados com as partes. Seja de manhã, de tarde ou de noite. Dias de semana ou feriados. Nem com autoridades dos demais poderes”.

Aí, perguntamos: estaria o jornalista, por acaso, afirmando que Carmem Lúcia, age de maneira aética em seu cargo de presidente do STF? Ou aqueles prêmios oferecidos pela Globo, são apenas para seus protegidos? E os encontros fora da agenda com Temer, a quem a Ministra deverá julgar? E as entrevistas, especialmente concedidas à rede Globo?

Opa, não fecha a conta!

Vamos mais um pouquinho adiante:

“Assim preserva a autoridade do plenário e do Supremo, como instituição republicana, acima da luta partidária ou de interesses pessoais das partes.

O que esse comportamento da ministra, de fortalecimento institucional da Corte, tem a ver com o julgamento de Lula?

Simples. A jurisprudência dominante diz que é válida prisão em segunda instância. Donde habeas corpus, de Lula ou qualquer outro, não é a via legal para mudar jurisprudência. Mas apenas para aplicá-la.”

Perceberam a ordem?! A intimidação?! A interpretação da Lei como convém às ditas Organizações Globais?!

Aí perguntamos, o que o sr. João Roberto Marinho foi fazer no STF, às vésperas dessa decisão, mostrar sua nova receita de doces, para conversar sobre a morte de Marielle, ou para pressionar os Ministros?

Cada qual tem seu jeito de analisar o artigo/ultimato, mas nem querendo fingir que é cego, é possível de afirmar que trata-se de colocar todo o peso da decisão dessa quinta-feira sobre o Habeas Corpus de Lula, nos ombros de um único ministro, nesse caso ministra Rosa Weber, a cujo nome deram de Equilíbrio, em nome da Rosa! Irônico, não fosse trágico.

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: